Chat now with support
Chat with Support

KACE Systems Management Appliance 10.0 Common Documents - Guia de administração

Sobre a Solução de gerenciamento de sistemas (SMA) KACE Introdução
Configuração do equipamento
Requisitos e especificações Ligue a solução e faça login no Console do administrador Acesso ao Console da linha de comando Acompanhamento das alterações de configuração Definição de configurações gerais dos níveis de sistema e de administrador Definição de configurações de data e hora da solução Ativar a autenticação de dois fatores para todos os usuários Verificação das configurações da porta, serviço NTP e acesso ao site Definição de configurações de rede e segurança Definição de configurações do agente Configuração do tempo limite da sessão e das definições de atualização automática. Definição das configurações de localidade Configuração do tema padrão Configuração de preferências de compartilhamento de dados Sobre requisitos de conformidade com o DIACAP Configuração do acesso a dispositivos móveis Ativação da troca rápida para organizações e soluções vinculadas Vinculação das soluções Quest KACE Definição de configurações do histórico
Configuração e uso de rótulos para gerenciar grupos de itens
Sobre rótulos Acompanhamento de alterações nas configurações de rótulos Gerenciamento de rótulos manuais Gerenciamento de rótulos inteligentes Gerenciamento de grupos de rótulos Gerenciamento de rótulos LDAP
Configuração de contas de usuário, autenticação do protocolo LDAP e SSO
Sobre contas de usuários e autenticação do usuário Sobre configurações de localidade Gerenciamento de contas do usuário no nível do sistema Gerenciamento de contas do usuário da organização Visualizar ou editar perfis de usuário Uso de um servidor do protocolo LDAP para autenticação do usuário Importação de usuários de um servidor do protocolo LDAP Sobre o login único (SSO) Ativação e desativação do login único Utilização do Active Directory para login único Configurar SAML para login único
Utilização de compartilhamentos de replicações Gerenciamento de credenciais Configuração de ativos
Sobre o componente Gerenciamento de ativos Usando o Painel de gerenciamento de ativos Sobre o gerenciamento de ativos Adição e personalização de Tipos de ativo e manutenção de informações de ativos Gerenciamento de ativos de software Gerenciamento de ativos físicos e lógicos Manutenção e uso das informações de ativos manuais Gerenciamento de locais Gerenciamento de contratos Gerenciar licenças Gerenciamento de registros de compra
Configuração de Conformidade com licenças Gerenciamento de Conformidade com licenças Configuração do Service desk Configurar a duração do cache em widgets do Service desk Criação e gerenciamento de organizações Importação e exportação de recursos da solução
Gerenciamento de inventário
Usar o painel inventário Uso da descoberta de dispositivo Gerenciamento do inventário de dispositivo
Sobre o gerenciamento de dispositivos Recursos disponíveis para cada método de gerenciamento de dispositivo Sobre as informações de inventário Rastreamento de alterações nas configurações do inventário Gerenciamento de informações de inventário Localização e gerenciamento de dispositivos Provisionamento do Agente do KACE SMA Implantação manual do Agente do KACE SMA
Obtenção de arquivos de instalação do agente Implantação manual do Agente do KACE SMA em dispositivos Windows Implantação e atualização manual do Agente do KACE SMA em dispositivos Linux Realização de operações do Agente em dispositivos Linux Implantação e atualização manual do Agente do KACE SMA em dispositivos Mac Realização de outras operações do agente em dispositivos Mac Exibição de informações coletadas pelo agente
Uso de gerenciamento sem Agente Adição manual de dispositivos no Console do administrador ou usando a API Forçar de atualizações do inventário Gerenciamento de dispositivos MIA Obtenção de informações de garantia da Dell
Gerenciamento de aplicativos na página Software Gerenciamento do inventário do catálogo de software
Sobre o catálogo de software Exibição de informações do Catálogo de software Adição de aplicativos ao Catálogo de software Gerenciamento dos Ativos de licença referentes aos aplicativos do Catálogo de software Associar instalações gerenciadas a software catalogado Uso da medição de software Uso do controle de aplicativos Atualização ou reinstalação do catálogo de software
Gerenciamento de processos, programas de inicialização e inventário de serviços Elaboração de regras de inventário personalizado
Implantação de pacotes em dispositivos gerenciados
Distribuição de software e uso do Wake-on-LAN Transmissão de alertas para dispositivos gerenciados Execução de scripts em dispositivos gerenciados
Sobre scripts Acompanhamento de alterações nas configurações de scripting Sobre scripts padrão Criação e edição de scripts Uso dos comandos Executar e Executar agora Sobre modelos da política de configuração Uso das políticas de configuração de Windows Uso das políticas de configuração do Mac OS X Edição de políticas e scripts Pesquisa de registros de script Exportação de scripts
Gerenciamento de perfis Mac Uso de cadeias de tarefas
Patch de dispositivos e manutenção de segurança
Sobre o gerenciamento de patches Inscrição e download de patches Criação e gerenciamento de cronogramas de patches Gerenciamento do inventário de patches Gerenciamento de dispositivos Dell e atualizações Manutenção da segurança do dispositivo e da solução
Teste da segurança de dispositivo
Sobre as verificações de segurança da OVAL Noções básicas sobre testes e definições da OVAL Sobre SCAP Sobre os parâmetros de comparação Como funciona uma verificação SCAP Edição de cronogramas de verificação de SCAP Sobre modelos da política de segurança Usar modelos de política de segurança baseados no Windows Usar modelos de política de segurança do Mac Resolver problemas de segurança do Windows que evitam provisionamento do Agente
Manutenção da segurança da solução
Uso de relatórios e cronogramas de notificações Monitoramento de servidores
Introdução ao monitoramento de servidor Trabalho com perfis de monitoramento Gerenciamento de monitoramento para dispositivos Trabalho com alertas
Uso do Service desk
Configuração do Service desk
Requisitos do sistema Sobre o Service desk Visão geral das tarefas de configuração Configuração de horário comercial e feriados do Service desk Configuração de Acordos de nível de serviço Configuração de filas de tíquetes do Service desk Configurações de tíquete Personalização da página inicial do Console do usuário Uso da pesquisa de satisfação Habilitação ou desabilitação da segurança para anexos do Service desk
Uso do Painel do Service desk Gerenciamento de tíquetes, processos e relatórios do Service Desk
Visão geral do ciclo de vida do tíquete do Service desk Criação de tíquetes no Console do administrador e no Console do usuário Criação e gerenciamento de tíquetes por e-mail Visualização de tíquetes e gerenciamento de comentários, trabalho e anexos Mesclar tíquetes Uso do processo de escalonamento de tíquete Uso de processos do Service desk Uso das Regras de tíquete Execução de relatórios do Service Desk Arquivamento, restauração e exclusão de tíquetes Gerenciamento da exclusão de tíquetes
Gerenciamento de filas de tíquetes do Service Desk Sobre artigos de Downloads do usuário e Base de conhecimento Personalização de configurações de tíquetes do Service Desk Configuração dos servidores SMTP para e-mail
Manutenção e solução de problemas
Manutenção da solução Solução de problemas do KACE SMA
Apêndices Glossário Sobre nós Avisos legais

Sobre o ambiente de teste de patch

Sobre o ambiente de teste de patch

A Quest usa VMware® ESX®, VMware® vCenter™, Microsoft® Azure® e teste personalizado de banco de hardware.

Os métodos de teste incluem a verificação de que as convenções de nomenclatura de patch estão em conformidade com as políticas da Quest.

Sobre o teste de avaliação

O teste de avaliação verifica se o componente de Gerenciamento de patches está funcionando corretamente.

O teste verifica se:

Sobre o teste de implantação

O teste de implantação verifica se os patches estão sendo implantados corretamente.

O teste verifica se:

Sobre o processo de garantia de qualidade de patches

Sobre o processo de garantia de qualidade de patches

A Quest fornece aos clientes de Gerenciamento de patches mais valor por meio dos processos de desenvolvimento de conteúdo e garantia de qualidade. As equipes de garantia de qualidade verificam os processos de instalação e desinstalação de patches, além dos metadados de patches produzidos pela equipe de desenvolvimento de conteúdo. Nossa maior prioridade é fornecer conteúdo de qualidade aos nossos clientes. Para garantir o fornecimento correto do conteúdo, a Quest realiza casos de teste que abrangem os componentes de teste a seguir.

Ambiente de teste

A Quest investe maciçamente na infraestrutura de testes. As equipes de desenvolvimento de conteúdo e garantia de qualidade têm acesso a um ambiente corporativo virtual que representa nós de várias configurações. A Quest utiliza uma mistura de desktops virtuais e servidores além de testes físicos de bancada personalizados para garantir que nossa infraestrutura de testes seja de última geração.

Testes de aplicativos

A Quest realiza testes com vários aplicativos, conforme a necessidade, para garantir que os requisitos do patch sejam atendidos.

Estratégia de teste

A Quest usa estes tipos de teste:

Teste geral verifica se:

Fornecimento e flexibilidade de confiança

Os processos da Quest são projetados e implementados para maximizar a disponibilidade global por meio de uma rede segura de distribuição de conteúdo. Toda a comunicação com a Quest é realizada por meio de canais criptografados seguros para garantir a integridade do conteúdo de segurança.

Usando a abordagem de prática recomendada, patches de segurança fundamentais são baixados automaticamente para locais de clientes, com base nas opções de inscrição deles. Patches de segurança adicionais podem ser baixados, conforme a necessidade, para criar uma versão personalizada do KACE Patch Content Repository dentro do próprio ambiente corporativo seguro do cliente.

Práticas recomendadas de patch

Práticas recomendadas de patch

As práticas recomendadas para aplicar patches em dispositivos incluem testar patches, usar rótulos para organizar dispositivos e patches e notificar aos usuários quando os patches estiverem sendo aplicados ao sistema.

Teste os patches em dispositivos selecionados antes de implantá-los em todos os dispositivos. Esses testes garantem que os patches não vão interromper nada antes de serem amplamente implantados.

Ao escolher dispositivos para teste, busque estas características:

Para um teste completo, os dispositivos devem funcionar normalmente no mínimo por uma semana depois de receberem patches. Se nenhum problema for relatado após uma semana, o patch pode ser implantado nos dispositivos restantes da rede.

Você pode usar rótulos inteligentes para agrupar dispositivos automaticamente por tipo, como laptop, desktop e servidor. Além disso, é possível usar Rótulos inteligentes para agrupar patches automaticamente por grau de importância, como patches de sistema operacional crítico e patches de baixa prioridade para outros aplicativos. Em seguida, você pode criar cronogramas de aplicação de patches compatíveis com cada tipo de dispositivo e patch.

Consulte:

Há duas opções para aplicar patches em dispositivos Windows:

Use o Windows Update: O Windows Update é um recurso da Microsoft que faz downloads e instala atualizações em sistemas operacionais Windows. Se você ativar o Windows Update em dispositivos gerenciados, use o componente Gerenciamento de patches do KACE SMA apenas para detectar patches do sistema operacional Windows, não para implantá-los. Os patches serão implantados pelo Windows Update.
Usar o KACE SMA: Você pode baixar e implantar patches para sistemas operacionais Windows usando o componente Gerenciamento de patches do KACE SMA. Se você usar o KACE SMA, desative o Windows Update nos dispositivos gerenciados, pois os patches serão implantados pelo KACE SMA.

Para minimizar o tempo de inatividade, agende a implantação de patch para os períodos em que o uso do dispositivo é baixo. Lembre-se que o uso varia de acordo com o tipo de dispositivo:

Servidores: eles requerem atualizações cuidadosas e bem divulgadas. Talvez seja necessário planejar a aplicação de patches em servidores com várias semanas de antecedência.
Computadores desktop: Há opções mais flexíveis para aplicar patches, pois eles são frequentemente deixados em execução quando não estão em uso.
Laptops: Estes são os mais difíceis de aplicar patches, pois, geralmente, só estão disponíveis para aplicação de patches enquanto estão sendo usados.

Para obter mais informações sobre a criação de cronogramas de patches para cada tipo de dispositivo, consulte:

Lembre-se de notificar os usuários quando os dispositivos usados por eles estiverem recebendo patches. Isso é especialmente importante se os dispositivos tiverem de ser reinicializados como parte do processo de aplicação de patches. Há várias maneiras de informar os usuários sobre os cronogramas de aplicação de patches:

Envie um e-mail ou use outros sistemas de envio de mensagem: Notifique os usuários com antecedência através de e-mail ou outros sistemas de envio de mensagem, que não seja a solução Console do administrador. Essa notificação é especialmente útil quando a aplicação de patches impedir o acesso a sistemas críticos, como servidores, por um período de tempo.
Envie uma mensagem de alerta no equipamento: Use o Console do administrador da solução para criar um alerta e transmiti-lo para todos os dispositivos ou para dispositivos selecionados. Esses alertas transmitidos podem ser usados para lembrar os usuários que a aplicação de patches será iniciada.

Para obter mais informações sobre a criação de alertas, consulte Transmissão de alertas para dispositivos gerenciados.

Envio de alertas durante a aplicação de patches: Quando você agendar uma aplicação de patches, alerte os usuários antes de iniciar o procedimento e antes de reinicializar os dispositivos. Você também pode permitir aos usuários adiar a reinicialização, se necessário. Consulte Configuração de cronogramas de patches.

Para obter mais informações sobre agendamento da aplicação de patches em diferentes dispositivos, consulte:

Os trabalhos de aplicação de patches podem exigir muita banda larga e recursos. Para reduzir o impacto sobre os usuários, você pode estabelecer limites para os trabalhos de aplicação de patches. Por exemplo, você pode configurar os trabalhos de correção para começar às 04:00 e parar às 07:00. Todos os trabalhos de correção em andamento às 07:00 são suspensos. Os trabalhos são reiniciados a partir do ponto em que desligaram quando o próximo trabalho agendado de aplicação de patches iniciar. Consulte Configuração de cronogramas de patches.

Use Compartilhamentos de replicação para otimizar os requisitos de recursos da rede e tempo de download. Compartilhamentos de replicação são dispositivos que mantêm cópias de arquivos para distribuição, o que pode ser útil para dispositivos gerenciados implantados em diferentes localizações geográficas. Por exemplo, ao usar o Compartilhamento de replicação, um dispositivo em Nova York pode fazer o download de arquivos de patch a partir de outro dispositivo no mesmo escritório, em vez de fazer o download desses arquivos a partir do KACE SMA em Los Angeles.

Para obter mais informações sobre configuração e uso de Compartilhamentos de replicação, consulte Utilização de compartilhamentos de replicações.

O Suporte da Quest possui uma Base de conhecimento de artigos sobre o KACE SMA, que pode ser acessada em https://support.quest.com/kace-systems-management-appliance/kb. A Base de conhecimento é continuamente atualizada com soluções para problemas de situações reais do KACE SMA encontrados pelos administradores. Para ver artigos sobre aplicação de patches, acesse a Base de conhecimento e pesquise por Segurança.

Patrocinado pela Quest KACE, o ITNinja.com (antigo AppDeploy.com) é um site de comunidade com foco em TI, independente de produto. É o principal destino na Internet para profissionais de TI compartilhar informações e tirar dúvidas em assuntos relacionados ao gerenciamento de sistemas. Consulte http://itninja.com.

Inscrição e download de patches

Inscrição e download de patches

Para ativar os patches, é preciso fazer a inscrição de patches e programar downloads de patches para a solução.

Related Documents