Chat now with support
Chat with Support

KACE Systems Management Appliance 10.0 Common Documents - Guia de administração

Sobre a Solução de gerenciamento de sistemas (SMA) KACE Introdução
Configuração do equipamento
Requisitos e especificações Ligue a solução e faça login no Console do administrador Acesso ao Console da linha de comando Acompanhamento das alterações de configuração Definição de configurações gerais dos níveis de sistema e de administrador Definição de configurações de data e hora da solução Ativar a autenticação de dois fatores para todos os usuários Verificação das configurações da porta, serviço NTP e acesso ao site Definição de configurações de rede e segurança Definição de configurações do agente Configuração do tempo limite da sessão e das definições de atualização automática. Definição das configurações de localidade Configuração do tema padrão Configuração de preferências de compartilhamento de dados Sobre requisitos de conformidade com o DIACAP Configuração do acesso a dispositivos móveis Ativação da troca rápida para organizações e soluções vinculadas Vinculação das soluções Quest KACE Definição de configurações do histórico
Configuração e uso de rótulos para gerenciar grupos de itens
Sobre rótulos Acompanhamento de alterações nas configurações de rótulos Gerenciamento de rótulos manuais Gerenciamento de rótulos inteligentes Gerenciamento de grupos de rótulos Gerenciamento de rótulos LDAP
Configuração de contas de usuário, autenticação do protocolo LDAP e SSO
Sobre contas de usuários e autenticação do usuário Sobre configurações de localidade Gerenciamento de contas do usuário no nível do sistema Gerenciamento de contas do usuário da organização Visualizar ou editar perfis de usuário Uso de um servidor do protocolo LDAP para autenticação do usuário Importação de usuários de um servidor do protocolo LDAP Sobre o login único (SSO) Ativação e desativação do login único Utilização do Active Directory para login único Configurar SAML para login único
Utilização de compartilhamentos de replicações Gerenciamento de credenciais Configuração de ativos
Sobre o componente Gerenciamento de ativos Usando o Painel de gerenciamento de ativos Sobre o gerenciamento de ativos Adição e personalização de Tipos de ativo e manutenção de informações de ativos Gerenciamento de ativos de software Gerenciamento de ativos físicos e lógicos Manutenção e uso das informações de ativos manuais Gerenciamento de locais Gerenciamento de contratos Gerenciar licenças Gerenciamento de registros de compra
Configuração de Conformidade com licenças Gerenciamento de Conformidade com licenças Configuração do Service desk Configurar a duração do cache em widgets do Service desk Criação e gerenciamento de organizações Importação e exportação de recursos da solução
Gerenciamento de inventário
Usar o painel inventário Uso da descoberta de dispositivo Gerenciamento do inventário de dispositivo
Sobre o gerenciamento de dispositivos Recursos disponíveis para cada método de gerenciamento de dispositivo Sobre as informações de inventário Rastreamento de alterações nas configurações do inventário Gerenciamento de informações de inventário Localização e gerenciamento de dispositivos Provisionamento do Agente do KACE SMA Implantação manual do Agente do KACE SMA
Obtenção de arquivos de instalação do agente Implantação manual do Agente do KACE SMA em dispositivos Windows Implantação e atualização manual do Agente do KACE SMA em dispositivos Linux Realização de operações do Agente em dispositivos Linux Implantação e atualização manual do Agente do KACE SMA em dispositivos Mac Realização de outras operações do agente em dispositivos Mac Exibição de informações coletadas pelo agente
Uso de gerenciamento sem Agente Adição manual de dispositivos no Console do administrador ou usando a API Forçar de atualizações do inventário Gerenciamento de dispositivos MIA Obtenção de informações de garantia da Dell
Gerenciamento de aplicativos na página Software Gerenciamento do inventário do catálogo de software
Sobre o catálogo de software Exibição de informações do Catálogo de software Adição de aplicativos ao Catálogo de software Gerenciamento dos Ativos de licença referentes aos aplicativos do Catálogo de software Associar instalações gerenciadas a software catalogado Uso da medição de software Uso do controle de aplicativos Atualização ou reinstalação do catálogo de software
Gerenciamento de processos, programas de inicialização e inventário de serviços Elaboração de regras de inventário personalizado
Implantação de pacotes em dispositivos gerenciados
Distribuição de software e uso do Wake-on-LAN Transmissão de alertas para dispositivos gerenciados Execução de scripts em dispositivos gerenciados
Sobre scripts Acompanhamento de alterações nas configurações de scripting Sobre scripts padrão Criação e edição de scripts Uso dos comandos Executar e Executar agora Sobre modelos da política de configuração Uso das políticas de configuração de Windows Uso das políticas de configuração do Mac OS X Edição de políticas e scripts Pesquisa de registros de script Exportação de scripts
Gerenciamento de perfis Mac Uso de cadeias de tarefas
Patch de dispositivos e manutenção de segurança
Sobre o gerenciamento de patches Inscrição e download de patches Criação e gerenciamento de cronogramas de patches Gerenciamento do inventário de patches Gerenciamento de dispositivos Dell e atualizações Manutenção da segurança do dispositivo e da solução
Teste da segurança de dispositivo
Sobre as verificações de segurança da OVAL Noções básicas sobre testes e definições da OVAL Sobre SCAP Sobre os parâmetros de comparação Como funciona uma verificação SCAP Edição de cronogramas de verificação de SCAP Sobre modelos da política de segurança Usar modelos de política de segurança baseados no Windows Usar modelos de política de segurança do Mac Resolver problemas de segurança do Windows que evitam provisionamento do Agente
Manutenção da segurança da solução
Uso de relatórios e cronogramas de notificações Monitoramento de servidores
Introdução ao monitoramento de servidor Trabalho com perfis de monitoramento Gerenciamento de monitoramento para dispositivos Trabalho com alertas
Uso do Service desk
Configuração do Service desk
Requisitos do sistema Sobre o Service desk Visão geral das tarefas de configuração Configuração de horário comercial e feriados do Service desk Configuração de Acordos de nível de serviço Configuração de filas de tíquetes do Service desk Configurações de tíquete Personalização da página inicial do Console do usuário Uso da pesquisa de satisfação Habilitação ou desabilitação da segurança para anexos do Service desk
Uso do Painel do Service desk Gerenciamento de tíquetes, processos e relatórios do Service Desk
Visão geral do ciclo de vida do tíquete do Service desk Criação de tíquetes no Console do administrador e no Console do usuário Criação e gerenciamento de tíquetes por e-mail Visualização de tíquetes e gerenciamento de comentários, trabalho e anexos Mesclar tíquetes Uso do processo de escalonamento de tíquete Uso de processos do Service desk Uso das Regras de tíquete Execução de relatórios do Service Desk Arquivamento, restauração e exclusão de tíquetes Gerenciamento da exclusão de tíquetes
Gerenciamento de filas de tíquetes do Service Desk Sobre artigos de Downloads do usuário e Base de conhecimento Personalização de configurações de tíquetes do Service Desk Configuração dos servidores SMTP para e-mail
Manutenção e solução de problemas
Manutenção da solução Solução de problemas do KACE SMA
Apêndices Glossário Sobre nós Avisos legais

Habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta

Gerenciamento de dispositivos sem agente

Para gerenciar dispositivos sem instalar o software do Agente do KACE SMA, é possível habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações da descoberta ou inserindo os detalhes de conexão com o dispositivo manualmente.

Os recursos disponíveis para dispositivos sem Agente diferem daqueles disponíveis para dispositivos gerenciados por Agente. Consulte Recursos disponíveis para cada método de gerenciamento de dispositivo.

Habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta

É possível habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta.

1.
Acesse a lista Resultados da descoberta:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
b.
Na barra de navegação esquerda, clique em Inventário e em Resultados da descoberta.
3.
Selecione Escolher ação > Provisionar > Sem agente: Automático.

: O gerenciamento sem Agente está ativado no dispositivo.

: O gerenciamento sem agente está ativado para o dispositivo, mas este está fora do alcance no momento.

Dependendo do dispositivo, a solução usa vários tipos de conexão para executar comandos nos dispositivos selecionados, obter informações de inventário e exibir essas informações na página Detalhes do dispositivo. As informações são atualizadas de acordo com o cronograma do inventário para dispositivos sem agente. Consulte:

Ativar gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente

Você pode ativar o gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente.

É possível escolher entre os tipos de conexão a seguir: SSH, SNMP, WinRM e VMware. O tipo de conexão a ser usado para dispositivos Windows é o WinRM.

1.
Acesse a lista Dispositivos:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
2.
Selecione Escolher ação > Novo > Dispositivo sem Agente para exibir a página Detalhes de conexão de dispositivo sem Agente.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo e obter as informações de inventário, nesse caso, SSH.

Porta

O número da porta que a solução usa para se conectar ao dispositivo. Nenhuma entrada é requerida para o seguinte número da porta padrão (22).

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Senha sudo

O nome de uma conta de usuário de serviço com permissão para se conectar a dispositivos. Usar uma conta de serviço e senha sudo é útil quando você quer evitar o uso de credenciais de raiz para acessar dispositivos. Em alguns dispositivos, no entanto, os privilégios superiores permitem que a solução recupere informações de inventário mais detalhadas.

Sistema operacional

O sistema operacional do dispositivo.

Shell

O shell a ser utilizado durante as conexões. Consulte Suporte de shell para conexões SSH.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo e obter as informações de inventário, nesse caso, SNMP.

SNMP (Protocolo simples de gerenciamento de rede) é um protocolo para monitoramento de dispositivos gerenciados em uma rede. Para ativar o SNMP, a porta 161 deve estar aberta na solução e no dispositivo.

Os resultados da verificação SNMP podem incluir todos os dispositivos compatíveis com SNMP. As extensões de shell remoto permitem que o KACE SMA conecte, execute comandos e capture informações que podem ser gerenciadas como inventário. Para obter mais informações sobre opções de SNMP, consulte Adição de um Cronograma de descoberta para dispositivos não computadores com SNMP.

Versão de SNMP

A versão de SNMP a ser usada para conexões. SNMPv1 e SNMPv2c não usam autenticação ou criptografia.

O SNMP v3 usa autenticação e algoritmos de criptografia para aumentar a segurança de comunicações SNMP. Quando você configura as opções SNMP v3, a solução realiza uma verificação do SNMP v3 nos dispositivos selecionados. Se houver uma falha no exame, a solução tentará examinar SNMP v1 usando a String pública especificada

Comunidade de leitura

(SNMP v1, SNMP v2c) A string de comunidade a ser consultada. O padrão é Público. A String pública é necessária se a autenticação não for obrigatória. Quando a autenticação é exigida, a verificação retorna o SNMP ativado sem dados de sistema.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos usando o SNMP v3. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou clique em Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas. As credenciais não são necessárias para SNMPv1 e SNMPv2c.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Configurações de inventário

Uma ou mais configurações de inventário do novo dispositivo SNMP sem agente, como Impressora a laser Brother: Cor, e outros.

Tipo de inventário

O método usado para coletar informações de inventário.

Inventário: Colete um subconjunto de informações de dispositivo, tais como endereço IP, endereço MAC e nome do dispositivo.
Inventário/Percurso: Conduza um percurso SNMP completo para coletar informações de inventário. Os resultados do percurso completo são exibidos na página Detalhe do dispositivo.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo Windows e obter as informações de inventário, nesse caso, WinRM.

Porta

O número da porta que a solução usa para se conectar ao dispositivo. Nenhuma entrada é requerida para o seguinte número da porta padrão: 5985.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Requer Kerberos

Quando selecionado, a autenticação requer Kerberos. O NTLM não será usado como uma alternativa quando o Kerberos estiver indisponível.

O uso do Kerberos requer que a Pesquisa de DNS esteja ativada na mesma configuração de descoberta. O servidor DNS também é obrigatório nas configurações da rede do KACE SMA local.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Inventariar Hyper-V ou Virtual Machine Manager

Selecione esta opção para que a solução importe uma infraestrutura do Microsoft Hyper-V ou do System Center Virtual Machine Manager usando o gerenciamento sem agente. Para obter mais informações sobre esse recurso, consulte Adicionar um agendamento de descoberta para Microsoft Hyper-V ou System Center Virtual Machine Manager.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

Nome de host ou endereço IP do host ESXi ou do servidor vCenter.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar subtipos de ativos, como dispositivos VMware. Por exemplo, hipervisores (hosts ESXi). Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo VMware e obter as informações de inventário.

Tipo de VMware

Tipo de dispositivo VMware: ESXi ou servidor vCenter.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas. Uma conta com acesso somente leitura pode ser utilizada. Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

4.
Clique em Testar conexão.
5.
Clique em Salvar.
O dispositivo sem agente é adicionado. Se Ativar inventário estiver selecionado, as informações de inventário serão atualizadas de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem agente. Consulte Agendar a coleta de dados de inventário em dispositivos gerenciados.
Suporte de shell para conexões SSH

Sistemas operacionais oferecem diferentes graus de suporte a shells usadas para conexões SSH entre o equipamento e os dispositivos gerenciados.

A tabela a seguir exibe os shells disponíveis para conexões SSH para cada sistema operacional.

Suporte de shell para conexões SSH por sistema operacional

Sistema operacional

Shell padrão

Shells compatíveis

AIX (IBM®)

ksh

bash, ksh, sh

CentOS

bash

bash, sh

Debian Linux

bash

bash, sh

Fedora

bash

bash, sh

FreeBSD

csh

bash, csh, sh

HP-UX

bash, sh

ksh, sh

Mac OS X

bash, sh

bash, sh

openSUSE/SLES™

bash

bash, sh

Oracle Enterprise Linux

bash

bash, sh

Red Hat® Enterprise Linux®

bash

bash, sh

Ubuntu

bash

bash, sh

Editar detalhes de conexão de dispositivo sem Agente ou excluir dispositivos sem Agente

É possível editar os detalhes de conexão do dispositivo para dispositivos sem Agente e é possível excluir dispositivos sem Agente conforme necessário.

1.
Acesse a lista Dispositivos:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
3.
Na seção Resumo, clique em Editar na linha Tipo de entrada do dispositivo para exibir a página Detalhes de conexão de dispositivo sem Agente.

Ativar gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente

Gerenciamento de dispositivos sem agente

Para gerenciar dispositivos sem instalar o software do Agente do KACE SMA, é possível habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações da descoberta ou inserindo os detalhes de conexão com o dispositivo manualmente.

Os recursos disponíveis para dispositivos sem Agente diferem daqueles disponíveis para dispositivos gerenciados por Agente. Consulte Recursos disponíveis para cada método de gerenciamento de dispositivo.

Habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta

É possível habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta.

1.
Acesse a lista Resultados da descoberta:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
b.
Na barra de navegação esquerda, clique em Inventário e em Resultados da descoberta.
3.
Selecione Escolher ação > Provisionar > Sem agente: Automático.

: O gerenciamento sem Agente está ativado no dispositivo.

: O gerenciamento sem agente está ativado para o dispositivo, mas este está fora do alcance no momento.

Dependendo do dispositivo, a solução usa vários tipos de conexão para executar comandos nos dispositivos selecionados, obter informações de inventário e exibir essas informações na página Detalhes do dispositivo. As informações são atualizadas de acordo com o cronograma do inventário para dispositivos sem agente. Consulte:

Ativar gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente

Você pode ativar o gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente.

É possível escolher entre os tipos de conexão a seguir: SSH, SNMP, WinRM e VMware. O tipo de conexão a ser usado para dispositivos Windows é o WinRM.

1.
Acesse a lista Dispositivos:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
2.
Selecione Escolher ação > Novo > Dispositivo sem Agente para exibir a página Detalhes de conexão de dispositivo sem Agente.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo e obter as informações de inventário, nesse caso, SSH.

Porta

O número da porta que a solução usa para se conectar ao dispositivo. Nenhuma entrada é requerida para o seguinte número da porta padrão (22).

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Senha sudo

O nome de uma conta de usuário de serviço com permissão para se conectar a dispositivos. Usar uma conta de serviço e senha sudo é útil quando você quer evitar o uso de credenciais de raiz para acessar dispositivos. Em alguns dispositivos, no entanto, os privilégios superiores permitem que a solução recupere informações de inventário mais detalhadas.

Sistema operacional

O sistema operacional do dispositivo.

Shell

O shell a ser utilizado durante as conexões. Consulte Suporte de shell para conexões SSH.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo e obter as informações de inventário, nesse caso, SNMP.

SNMP (Protocolo simples de gerenciamento de rede) é um protocolo para monitoramento de dispositivos gerenciados em uma rede. Para ativar o SNMP, a porta 161 deve estar aberta na solução e no dispositivo.

Os resultados da verificação SNMP podem incluir todos os dispositivos compatíveis com SNMP. As extensões de shell remoto permitem que o KACE SMA conecte, execute comandos e capture informações que podem ser gerenciadas como inventário. Para obter mais informações sobre opções de SNMP, consulte Adição de um Cronograma de descoberta para dispositivos não computadores com SNMP.

Versão de SNMP

A versão de SNMP a ser usada para conexões. SNMPv1 e SNMPv2c não usam autenticação ou criptografia.

O SNMP v3 usa autenticação e algoritmos de criptografia para aumentar a segurança de comunicações SNMP. Quando você configura as opções SNMP v3, a solução realiza uma verificação do SNMP v3 nos dispositivos selecionados. Se houver uma falha no exame, a solução tentará examinar SNMP v1 usando a String pública especificada

Comunidade de leitura

(SNMP v1, SNMP v2c) A string de comunidade a ser consultada. O padrão é Público. A String pública é necessária se a autenticação não for obrigatória. Quando a autenticação é exigida, a verificação retorna o SNMP ativado sem dados de sistema.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos usando o SNMP v3. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou clique em Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas. As credenciais não são necessárias para SNMPv1 e SNMPv2c.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Configurações de inventário

Uma ou mais configurações de inventário do novo dispositivo SNMP sem agente, como Impressora a laser Brother: Cor, e outros.

Tipo de inventário

O método usado para coletar informações de inventário.

Inventário: Colete um subconjunto de informações de dispositivo, tais como endereço IP, endereço MAC e nome do dispositivo.
Inventário/Percurso: Conduza um percurso SNMP completo para coletar informações de inventário. Os resultados do percurso completo são exibidos na página Detalhe do dispositivo.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo Windows e obter as informações de inventário, nesse caso, WinRM.

Porta

O número da porta que a solução usa para se conectar ao dispositivo. Nenhuma entrada é requerida para o seguinte número da porta padrão: 5985.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Requer Kerberos

Quando selecionado, a autenticação requer Kerberos. O NTLM não será usado como uma alternativa quando o Kerberos estiver indisponível.

O uso do Kerberos requer que a Pesquisa de DNS esteja ativada na mesma configuração de descoberta. O servidor DNS também é obrigatório nas configurações da rede do KACE SMA local.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Inventariar Hyper-V ou Virtual Machine Manager

Selecione esta opção para que a solução importe uma infraestrutura do Microsoft Hyper-V ou do System Center Virtual Machine Manager usando o gerenciamento sem agente. Para obter mais informações sobre esse recurso, consulte Adicionar um agendamento de descoberta para Microsoft Hyper-V ou System Center Virtual Machine Manager.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

Nome de host ou endereço IP do host ESXi ou do servidor vCenter.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar subtipos de ativos, como dispositivos VMware. Por exemplo, hipervisores (hosts ESXi). Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo VMware e obter as informações de inventário.

Tipo de VMware

Tipo de dispositivo VMware: ESXi ou servidor vCenter.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas. Uma conta com acesso somente leitura pode ser utilizada. Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

4.
Clique em Testar conexão.
5.
Clique em Salvar.
O dispositivo sem agente é adicionado. Se Ativar inventário estiver selecionado, as informações de inventário serão atualizadas de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem agente. Consulte Agendar a coleta de dados de inventário em dispositivos gerenciados.
Suporte de shell para conexões SSH

Sistemas operacionais oferecem diferentes graus de suporte a shells usadas para conexões SSH entre o equipamento e os dispositivos gerenciados.

A tabela a seguir exibe os shells disponíveis para conexões SSH para cada sistema operacional.

Suporte de shell para conexões SSH por sistema operacional

Sistema operacional

Shell padrão

Shells compatíveis

AIX (IBM®)

ksh

bash, ksh, sh

CentOS

bash

bash, sh

Debian Linux

bash

bash, sh

Fedora

bash

bash, sh

FreeBSD

csh

bash, csh, sh

HP-UX

bash, sh

ksh, sh

Mac OS X

bash, sh

bash, sh

openSUSE/SLES™

bash

bash, sh

Oracle Enterprise Linux

bash

bash, sh

Red Hat® Enterprise Linux®

bash

bash, sh

Ubuntu

bash

bash, sh

Editar detalhes de conexão de dispositivo sem Agente ou excluir dispositivos sem Agente

É possível editar os detalhes de conexão do dispositivo para dispositivos sem Agente e é possível excluir dispositivos sem Agente conforme necessário.

1.
Acesse a lista Dispositivos:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
3.
Na seção Resumo, clique em Editar na linha Tipo de entrada do dispositivo para exibir a página Detalhes de conexão de dispositivo sem Agente.

Suporte de shell para conexões SSH

Gerenciamento de dispositivos sem agente

Para gerenciar dispositivos sem instalar o software do Agente do KACE SMA, é possível habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações da descoberta ou inserindo os detalhes de conexão com o dispositivo manualmente.

Os recursos disponíveis para dispositivos sem Agente diferem daqueles disponíveis para dispositivos gerenciados por Agente. Consulte Recursos disponíveis para cada método de gerenciamento de dispositivo.

Habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta

É possível habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta.

1.
Acesse a lista Resultados da descoberta:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
b.
Na barra de navegação esquerda, clique em Inventário e em Resultados da descoberta.
3.
Selecione Escolher ação > Provisionar > Sem agente: Automático.

: O gerenciamento sem Agente está ativado no dispositivo.

: O gerenciamento sem agente está ativado para o dispositivo, mas este está fora do alcance no momento.

Dependendo do dispositivo, a solução usa vários tipos de conexão para executar comandos nos dispositivos selecionados, obter informações de inventário e exibir essas informações na página Detalhes do dispositivo. As informações são atualizadas de acordo com o cronograma do inventário para dispositivos sem agente. Consulte:

Ativar gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente

Você pode ativar o gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente.

É possível escolher entre os tipos de conexão a seguir: SSH, SNMP, WinRM e VMware. O tipo de conexão a ser usado para dispositivos Windows é o WinRM.

1.
Acesse a lista Dispositivos:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
2.
Selecione Escolher ação > Novo > Dispositivo sem Agente para exibir a página Detalhes de conexão de dispositivo sem Agente.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo e obter as informações de inventário, nesse caso, SSH.

Porta

O número da porta que a solução usa para se conectar ao dispositivo. Nenhuma entrada é requerida para o seguinte número da porta padrão (22).

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Senha sudo

O nome de uma conta de usuário de serviço com permissão para se conectar a dispositivos. Usar uma conta de serviço e senha sudo é útil quando você quer evitar o uso de credenciais de raiz para acessar dispositivos. Em alguns dispositivos, no entanto, os privilégios superiores permitem que a solução recupere informações de inventário mais detalhadas.

Sistema operacional

O sistema operacional do dispositivo.

Shell

O shell a ser utilizado durante as conexões. Consulte Suporte de shell para conexões SSH.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo e obter as informações de inventário, nesse caso, SNMP.

SNMP (Protocolo simples de gerenciamento de rede) é um protocolo para monitoramento de dispositivos gerenciados em uma rede. Para ativar o SNMP, a porta 161 deve estar aberta na solução e no dispositivo.

Os resultados da verificação SNMP podem incluir todos os dispositivos compatíveis com SNMP. As extensões de shell remoto permitem que o KACE SMA conecte, execute comandos e capture informações que podem ser gerenciadas como inventário. Para obter mais informações sobre opções de SNMP, consulte Adição de um Cronograma de descoberta para dispositivos não computadores com SNMP.

Versão de SNMP

A versão de SNMP a ser usada para conexões. SNMPv1 e SNMPv2c não usam autenticação ou criptografia.

O SNMP v3 usa autenticação e algoritmos de criptografia para aumentar a segurança de comunicações SNMP. Quando você configura as opções SNMP v3, a solução realiza uma verificação do SNMP v3 nos dispositivos selecionados. Se houver uma falha no exame, a solução tentará examinar SNMP v1 usando a String pública especificada

Comunidade de leitura

(SNMP v1, SNMP v2c) A string de comunidade a ser consultada. O padrão é Público. A String pública é necessária se a autenticação não for obrigatória. Quando a autenticação é exigida, a verificação retorna o SNMP ativado sem dados de sistema.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos usando o SNMP v3. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou clique em Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas. As credenciais não são necessárias para SNMPv1 e SNMPv2c.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Configurações de inventário

Uma ou mais configurações de inventário do novo dispositivo SNMP sem agente, como Impressora a laser Brother: Cor, e outros.

Tipo de inventário

O método usado para coletar informações de inventário.

Inventário: Colete um subconjunto de informações de dispositivo, tais como endereço IP, endereço MAC e nome do dispositivo.
Inventário/Percurso: Conduza um percurso SNMP completo para coletar informações de inventário. Os resultados do percurso completo são exibidos na página Detalhe do dispositivo.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo Windows e obter as informações de inventário, nesse caso, WinRM.

Porta

O número da porta que a solução usa para se conectar ao dispositivo. Nenhuma entrada é requerida para o seguinte número da porta padrão: 5985.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Requer Kerberos

Quando selecionado, a autenticação requer Kerberos. O NTLM não será usado como uma alternativa quando o Kerberos estiver indisponível.

O uso do Kerberos requer que a Pesquisa de DNS esteja ativada na mesma configuração de descoberta. O servidor DNS também é obrigatório nas configurações da rede do KACE SMA local.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Inventariar Hyper-V ou Virtual Machine Manager

Selecione esta opção para que a solução importe uma infraestrutura do Microsoft Hyper-V ou do System Center Virtual Machine Manager usando o gerenciamento sem agente. Para obter mais informações sobre esse recurso, consulte Adicionar um agendamento de descoberta para Microsoft Hyper-V ou System Center Virtual Machine Manager.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

Nome de host ou endereço IP do host ESXi ou do servidor vCenter.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar subtipos de ativos, como dispositivos VMware. Por exemplo, hipervisores (hosts ESXi). Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo VMware e obter as informações de inventário.

Tipo de VMware

Tipo de dispositivo VMware: ESXi ou servidor vCenter.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas. Uma conta com acesso somente leitura pode ser utilizada. Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

4.
Clique em Testar conexão.
5.
Clique em Salvar.
O dispositivo sem agente é adicionado. Se Ativar inventário estiver selecionado, as informações de inventário serão atualizadas de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem agente. Consulte Agendar a coleta de dados de inventário em dispositivos gerenciados.
Suporte de shell para conexões SSH

Sistemas operacionais oferecem diferentes graus de suporte a shells usadas para conexões SSH entre o equipamento e os dispositivos gerenciados.

A tabela a seguir exibe os shells disponíveis para conexões SSH para cada sistema operacional.

Suporte de shell para conexões SSH por sistema operacional

Sistema operacional

Shell padrão

Shells compatíveis

AIX (IBM®)

ksh

bash, ksh, sh

CentOS

bash

bash, sh

Debian Linux

bash

bash, sh

Fedora

bash

bash, sh

FreeBSD

csh

bash, csh, sh

HP-UX

bash, sh

ksh, sh

Mac OS X

bash, sh

bash, sh

openSUSE/SLES™

bash

bash, sh

Oracle Enterprise Linux

bash

bash, sh

Red Hat® Enterprise Linux®

bash

bash, sh

Ubuntu

bash

bash, sh

Editar detalhes de conexão de dispositivo sem Agente ou excluir dispositivos sem Agente

É possível editar os detalhes de conexão do dispositivo para dispositivos sem Agente e é possível excluir dispositivos sem Agente conforme necessário.

1.
Acesse a lista Dispositivos:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
3.
Na seção Resumo, clique em Editar na linha Tipo de entrada do dispositivo para exibir a página Detalhes de conexão de dispositivo sem Agente.

Editar detalhes de conexão de dispositivo sem Agente ou excluir dispositivos sem Agente

Gerenciamento de dispositivos sem agente

Para gerenciar dispositivos sem instalar o software do Agente do KACE SMA, é possível habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações da descoberta ou inserindo os detalhes de conexão com o dispositivo manualmente.

Os recursos disponíveis para dispositivos sem Agente diferem daqueles disponíveis para dispositivos gerenciados por Agente. Consulte Recursos disponíveis para cada método de gerenciamento de dispositivo.

Habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta

É possível habilitar o gerenciamento sem Agente usando as informações de Descoberta.

1.
Acesse a lista Resultados da descoberta:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
b.
Na barra de navegação esquerda, clique em Inventário e em Resultados da descoberta.
3.
Selecione Escolher ação > Provisionar > Sem agente: Automático.

: O gerenciamento sem Agente está ativado no dispositivo.

: O gerenciamento sem agente está ativado para o dispositivo, mas este está fora do alcance no momento.

Dependendo do dispositivo, a solução usa vários tipos de conexão para executar comandos nos dispositivos selecionados, obter informações de inventário e exibir essas informações na página Detalhes do dispositivo. As informações são atualizadas de acordo com o cronograma do inventário para dispositivos sem agente. Consulte:

Ativar gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente

Você pode ativar o gerenciamento sem agente ao inserir informações do dispositivo manualmente.

É possível escolher entre os tipos de conexão a seguir: SSH, SNMP, WinRM e VMware. O tipo de conexão a ser usado para dispositivos Windows é o WinRM.

1.
Acesse a lista Dispositivos:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
2.
Selecione Escolher ação > Novo > Dispositivo sem Agente para exibir a página Detalhes de conexão de dispositivo sem Agente.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo e obter as informações de inventário, nesse caso, SSH.

Porta

O número da porta que a solução usa para se conectar ao dispositivo. Nenhuma entrada é requerida para o seguinte número da porta padrão (22).

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Senha sudo

O nome de uma conta de usuário de serviço com permissão para se conectar a dispositivos. Usar uma conta de serviço e senha sudo é útil quando você quer evitar o uso de credenciais de raiz para acessar dispositivos. Em alguns dispositivos, no entanto, os privilégios superiores permitem que a solução recupere informações de inventário mais detalhadas.

Sistema operacional

O sistema operacional do dispositivo.

Shell

O shell a ser utilizado durante as conexões. Consulte Suporte de shell para conexões SSH.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo e obter as informações de inventário, nesse caso, SNMP.

SNMP (Protocolo simples de gerenciamento de rede) é um protocolo para monitoramento de dispositivos gerenciados em uma rede. Para ativar o SNMP, a porta 161 deve estar aberta na solução e no dispositivo.

Os resultados da verificação SNMP podem incluir todos os dispositivos compatíveis com SNMP. As extensões de shell remoto permitem que o KACE SMA conecte, execute comandos e capture informações que podem ser gerenciadas como inventário. Para obter mais informações sobre opções de SNMP, consulte Adição de um Cronograma de descoberta para dispositivos não computadores com SNMP.

Versão de SNMP

A versão de SNMP a ser usada para conexões. SNMPv1 e SNMPv2c não usam autenticação ou criptografia.

O SNMP v3 usa autenticação e algoritmos de criptografia para aumentar a segurança de comunicações SNMP. Quando você configura as opções SNMP v3, a solução realiza uma verificação do SNMP v3 nos dispositivos selecionados. Se houver uma falha no exame, a solução tentará examinar SNMP v1 usando a String pública especificada

Comunidade de leitura

(SNMP v1, SNMP v2c) A string de comunidade a ser consultada. O padrão é Público. A String pública é necessária se a autenticação não for obrigatória. Quando a autenticação é exigida, a verificação retorna o SNMP ativado sem dados de sistema.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos usando o SNMP v3. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou clique em Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas. As credenciais não são necessárias para SNMPv1 e SNMPv2c.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Configurações de inventário

Uma ou mais configurações de inventário do novo dispositivo SNMP sem agente, como Impressora a laser Brother: Cor, e outros.

Tipo de inventário

O método usado para coletar informações de inventário.

Inventário: Colete um subconjunto de informações de dispositivo, tais como endereço IP, endereço MAC e nome do dispositivo.
Inventário/Percurso: Conduza um percurso SNMP completo para coletar informações de inventário. Os resultados do percurso completo são exibidos na página Detalhe do dispositivo.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

O nome de host ou o endereço IP do dispositivo.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar os subtipos dos ativos, como, por exemplo, Ativos de dispositivo que são computadores, impressoras ou roteadores, e Ativos de software que podem ser executados em sistemas Windows, Mac ou Linux no inventário do KACE SMA. Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

NOTA: Em uma instalação padrão, Ativos do dispositivo incluem dois subtipos de ativos para dispositivos de impressora: Impressora a laser: Impressoras coloridas e a laser: Monocromática. Cada um desses subtipos fornece um conjunto comum de campos que se aplicam à maioria das impressoras. O equipamento também vem com um conjunto de modelos de impressora para modelos típicos de impressora compatíveis com SNMP, com base nesses subtipos de ativos. Você pode editar esses modelos ou adicionar novos modelos, conforme necessário. Quando você aplica um modelo de impressora a um dispositivo, os dados definidos no modelo, como níveis de toner ou descrições, são coletados para a impressora no próximo ciclo de inventário. Para obter mais informações, consulte Sobre modelos de impressora.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo Windows e obter as informações de inventário, nesse caso, WinRM.

Porta

O número da porta que a solução usa para se conectar ao dispositivo. Nenhuma entrada é requerida para o seguinte número da porta padrão: 5985.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas.

Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Requer Kerberos

Quando selecionado, a autenticação requer Kerberos. O NTLM não será usado como uma alternativa quando o Kerberos estiver indisponível.

O uso do Kerberos requer que a Pesquisa de DNS esteja ativada na mesma configuração de descoberta. O servidor DNS também é obrigatório nas configurações da rede do KACE SMA local.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

Inventariar Hyper-V ou Virtual Machine Manager

Selecione esta opção para que a solução importe uma infraestrutura do Microsoft Hyper-V ou do System Center Virtual Machine Manager usando o gerenciamento sem agente. Para obter mais informações sobre esse recurso, consulte Adicionar um agendamento de descoberta para Microsoft Hyper-V ou System Center Virtual Machine Manager.

Dispositivo de retransmissão

O nome do dispositivo que você deseja usar como uma retransmissão para o inventário de dispositivos sem agente.

Um dispositivo de retransmissão que é usado durante a descoberta como um transmissor é usado para o inventário sem agente, quando um novo dispositivo é provisionado automaticamente a partir dos resultados da descoberta. Você pode selecionar um dispositivo de retransmissão na página Detalhes do cronograma de descoberta. Para obter mais informações, consulte Adicionar um Cronograma de descoberta para realizar uma análise rápida "o que e onde" de sua rede.

Opção

Descrição

Nome

Nome de host ou endereço IP do host ESXi ou do servidor vCenter.

Subtipo de ativo

A subcategoria do ativo, se aplicável. Essas informações permitem identificar e gerenciar subtipos de ativos, como dispositivos VMware. Por exemplo, hipervisores (hosts ESXi). Consulte Sobre os Subtipos de ativo, campos personalizados e preferências de detalhe de dispositivo.

Tipo de conexão

O método de conexão usado para se conectar ao dispositivo VMware e obter as informações de inventário.

Tipo de VMware

Tipo de dispositivo VMware: ESXi ou servidor vCenter.

Credenciais

Os detalhes da conta de serviço necessários para se conectar ao dispositivo e executar comandos. Selecione as credenciais existentes na lista suspensa ou selecione Adicionar nova credencial para adicionar credenciais ainda não listadas. Uma conta com acesso somente leitura pode ser utilizada. Consulte Adição e edição de credenciais de Usuário/Senha.

Nível de registro

O nível de informações a serem exibidas na página Detalhes do dispositivo. Para ver somente as mensagens mais importantes, selecione Críticas. Para ver todas as mensagens, selecione Depuração.

Habilitar inventário

A opção de coleção de inventário. Quando essa opção está selecionada, a solução coleta as informações de inventário do dispositivo de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem Agente. Se esta opção estiver desmarcada, as informações de inventário não serão coletadas. Em ambos os casos, no entanto, os dispositivos sem Agente são contados.

Servidor DNS

O nome de host do servidor DNS a ser usado ao identificar o nome de host do dispositivo e outras informações. Fornecer as informações do servidor DNS permite que a solução corresponda o dispositivo às informações existentes de inventário durante as atualizações. Se a solução não puder detectar o dispositivo devido a alterações feitas em seu nome de host ou endereço IP, o inventário falhará.

4.
Clique em Testar conexão.
5.
Clique em Salvar.
O dispositivo sem agente é adicionado. Se Ativar inventário estiver selecionado, as informações de inventário serão atualizadas de acordo com o cronograma de inventário de dispositivo sem agente. Consulte Agendar a coleta de dados de inventário em dispositivos gerenciados.
Suporte de shell para conexões SSH

Sistemas operacionais oferecem diferentes graus de suporte a shells usadas para conexões SSH entre o equipamento e os dispositivos gerenciados.

A tabela a seguir exibe os shells disponíveis para conexões SSH para cada sistema operacional.

Suporte de shell para conexões SSH por sistema operacional

Sistema operacional

Shell padrão

Shells compatíveis

AIX (IBM®)

ksh

bash, ksh, sh

CentOS

bash

bash, sh

Debian Linux

bash

bash, sh

Fedora

bash

bash, sh

FreeBSD

csh

bash, csh, sh

HP-UX

bash, sh

ksh, sh

Mac OS X

bash, sh

bash, sh

openSUSE/SLES™

bash

bash, sh

Oracle Enterprise Linux

bash

bash, sh

Red Hat® Enterprise Linux®

bash

bash, sh

Ubuntu

bash

bash, sh

Editar detalhes de conexão de dispositivo sem Agente ou excluir dispositivos sem Agente

É possível editar os detalhes de conexão do dispositivo para dispositivos sem Agente e é possível excluir dispositivos sem Agente conforme necessário.

1.
Acesse a lista Dispositivos:
a.
Faça login no Console do administrador do KACE SMA: https://KACE_SMA_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
3.
Na seção Resumo, clique em Editar na linha Tipo de entrada do dispositivo para exibir a página Detalhes de conexão de dispositivo sem Agente.
Related Documents