Chat now with support
Chat with Support

KACE Systems Deployment Appliance 7.0 Common Documents - Guia do administrador

Sobre a Solução de implantação de sistemas KACE Introdução Uso do Painel Configuração de SDA KACE Configuração de contas de usuários e autenticação do usuário Definição das configurações de segurança Preparação para a implantação Gerenciamento do inventário de dispositivo Uso de rótulos Criação de um Ambiente de Inicialização do Windows Gerenciamento de drivers Captura de imagens Captura de perfis de usuário Criação de instalações com script Criação de uma sequência de tarefas Automação de implantações Execução de implantações manuais Gerenciamento de implantações personalizadas Criação de imagens de dispositivos Mac Sobre a Solução de localidade remota Importação e exportação de componentes da solução Gerenciamento de espaço em disco Solução de problemas da solução Atualização do software do aplicativo Glossário Sobre nós Avisos legais

Desativação e reinicialização do equipamento

Desativação e reinicialização do equipamento

Pode ser necessário desativar ou reinicializar o equipamento ocasionalmente ao solucionar problemas ou realizar tarefas de manutenção.

Antes de desativar ou reinicializar a solução, verifique se nenhum destes processos está ativo:

Desligar a solução

Desligar a solução

Você pode desligar o SDA KACE e reiniciá-lo, se uma implantação for interrompida ou se houver um problema com a conexão de rede. Se você desligar a solução, será necessário pressionar o botão Liga/Desliga novamente para ligá-la.

1.
No painel de navegação esquerdo, clique em Configurações para expandir a seção e, em seguida, em Manutenção de equipamento para exibir a página Manutenção de equipamento.
NOTA: Você só poderá atualizar a solução se sua licença estiver atualizada. Quando sua licença expira, uma mensagem é exibida na parte superior da página, instruindo-o a atualizar a licença. O campo Status de manutenção da licença nesta página indica o estado da sua licença. Para atualizar sua licença, obtenha uma nova chave com seu representante de vendas KACE e atualize-a na página Registro e licenciamento.
2.
Em Utilitários > Gerenciamento de energia, clique em Desligar.

Reinicializar a solução

Reinicializar a solução

Você pode reinicializar o SDA KACE, se uma implantação for interrompida ou se houver um problema com a conexão de rede. Quando você reinicializa a solução, ela é automaticamente ligada.

1.
No painel de navegação esquerdo, clique em Configurações para expandir a seção e, em seguida, em Manutenção de equipamento para exibir a página Manutenção de equipamento.
NOTA: Você só poderá atualizar a solução se sua licença estiver atualizada. Quando sua licença expira, uma mensagem é exibida na parte superior da página, instruindo-o a atualizar a licença. O campo Status de manutenção da licença nesta página indica o estado da sua licença. Para atualizar sua licença, obtenha uma nova chave com seu representante de vendas KACE e atualize-a na página Registro e licenciamento.
2.
Na seção Utilitários, clique em Reinicializar.

Melhores práticas para fazer backup de dados do SDA KACE

Melhores práticas para fazer backup de dados do SDA KACE

Para evitar a perda de dados causada por falha de hardware ou uma falha de atualização, é importante planejar e implementar um plano de backup. Não é possível fazer backup do SDA KACE em si, mas dados críticos (como imagens, tarefas e instalações com script) podem e devem ser submetidos a backup regularmente.

O backup de dados consiste em duas tarefas:

2.
Copiar os dados do compartilhamento restore para um servidor de armazenamento externo.

Ambas as tarefas podem ser feitas manualmente ou como tarefas agendadas, dependendo das necessidades dos negócios. Tanto faz a maneira, mas cada método tem inconvenientes que precisam ser analisados.

O principal problema com a execução de backups manualmente é lembrar-se de fazê-lo regularmente. Uma vez que exportar e copiar os dados para o armazenamento externo pode levar horas, dependendo da quantidade de dados em questão, executá-los manualmente pode ser problemático. Os backups agendados também têm problemas, como garantir que o servidor de armazenamento externo tenha espaço em disco suficiente, agendar os trabalhos de transferência externo e de exportação para que não se sobreponham e interrompam o processo e manter a ID, a senha e o endereço do servidor de armazenamento externo.

Configuração de uma exportação de dados

Para obter informações sobre as etapas para configurar uma exportação de dados, visite https://support.quest.com/kace-systems-deployment-appliance/kb/115080.

Quaisquer itens agendados para serem exportados só serão exportados se a Versão e o Versão com backup (exibida na página Exportações) forem diferentes. A linha que mostra o item é branca ou amarela, se for esse o caso. Esse mecanismo impede que múltiplas cópias da mesma versão sejam constantemente exportadas para o compartilhamento de restauração. Embora isso economize espaço no compartilhamento de restauração e, consequentemente, no servidor de armazenamento remoto, também significa que os arquivos de backup não devem ser excluídos do servidor de armazenamento sem critério, pois o objeto (uma imagem, instalação com script ou tarefa de pós-instalação) não é exportado novamente até que o número da versão mude. Isso significa que se um objeto for exportado, copiado para o armazenamento externo, excluído do compartilhamento de restauração e, em seguida, excluído do armazenamento externo por qualquer motivo, você não terá mais um backup desse objeto e ele não será exportado novamente, a menos que seja editado e salvo, o que incrementa o número da versão (fazendo com que o objeto apareça amarelo na lista Exportações). Dessa forma, o gerenciamento do servidor de armazenamento externo é crítico para garantir que objetos com backup necessários não sejam excluídos acidentalmente, pois não existe uma maneira fácil de instruir o SDA KACE a começar novamente e exportar tudo desde o início.

O que exportar

Exporte: imagens ASR (MAC), K-images, ambientes de inicialização, imagens WIM, instalações com script, tarefas e perfis de usuários.
Não exporte (a menos que você saiba que precisa desses itens): o banco de dados, o inventário de rede e verificações de rede.
Não exporte: pastas de driver, a menos que você saiba que há algo nelas que você precisará.
NOTA: Os drivers listados aqui correspondem às pastas listadas no compartilhamento de drivers \\<KACE_SDA>\drivers. A partir do SDA KACE versão 3.5, deverá haver menos itens nessas pastas, pois os drivers do driver feed (e driver feeds criados manualmente) residem em \\<KACE_SDA>\drivers_postinstall, em vez de em \\<KACE_SDA>\drivers.

O que deve ser considerado

Avalie o tamanho total dos itens a serem exportados e o espaço em disco disponível no SDA KACE. Cada objeto exportado é colocado no compartilhamento de restauração do SDA KACE como dois arquivos: um arquivo .pkg contendo os dados e um arquivo .xml descrevendo o conteúdo do arquivo de pacote. Ambos os arquivos devem ser mantidos juntos e são necessários para restaurar o objeto. Como esses arquivos são gravados no compartilhamento de restauração, o tamanho deles é subtraído do espaço livre total do SDA KACE. Uma vez que o espaço livre disponível cai para menos de 20 GB, muitas operações padrão no SDA KACE podem começar a falhar por falta de espaço para serem concluídas. Portanto, é fundamental que o tamanho total dos objetos exportados não exceda o espaço livre disponível (menos os 20 GB de espaço reservado necessário para um SDA KACE íntegro).

Se o tamanho total dos dados submetidos a backup for superior ao espaço livre disponível, é uma boa ideia dividir a exportação/transferência off-board em quatro tarefas (dois pares de exportação/transferência) e executá-las em diferentes momentos da semana. Isso requer que a caixa de seleção Limpar restauração seja selecionada na página de configuração de transferência off-board.

É fundamental que seja permitido tempo suficiente entre o trabalho de exportação e a tarefa de transferência para garantir que as exportações sejam concluídas antes do início da tarefa de transferência, a fim de evitar interrupção da tarefa de transferência que exige que um tíquete de Nível 3 para correção. Para esse fim, recomenda-se deixar 24 horas entre o tempo que você espera que a tarefa de exportação seja concluída e o início da tarefa de transferência. Isso dá uma margem de segurança para que uma tarefa de exportação lenta não entre em conflito com a tarefa de transferência.

Configuração de transferência de pacote off-board para objetos exportados

Para obter informações sobre as etapas para configurar uma transferência de pacote off-board, visite https://support.quest.com/kace-systems-deployment-appliance/kb/115080.

O que deve ser considerado

O servidor de armazenamento off-board deve ter tamanho suficiente (em termos de espaço em disco) para a ID usada para conter todos os dados no SDA KACE. Na verdade, deve haver muito mais espaço livre do que o total de dados, uma vez que a versão múltipla de uma tarefa deve ser submetida a backup, no caso de um objeto precisar ser revertido para uma versão antiga, por algum motivo.

Determine a dimensão do impacto que o envio por push dos dados de backup terá sobre a largura de banda de rede disponível e quais outros recursos poderão ser afetados. Se o servidor de armazenamento off-board for usado para outros aplicativos, eles afetarão a duração da transferência ou sofrerão efeitos prejudiciais durante o processo de transferência?

Na página de configuração de transferência de pacote off-board, se a caixa de seleção Limpar restauração estiver selecionada, depois de cada objeto ser copiado para o servidor de armazenamento remoto (servidor off-board), ele será excluído do compartilhamento de restauração do SDA KACE, liberando espaço necessário no disco. Usar esta opção é uma maneira recomendada de economizar espaço no SDA KACE, mas que requer cautela no gerenciamento dos arquivos armazenados no servidor de armazenamento off-board para evitar a exclusão de backups necessários.

Com que frequência é necessário fazer backup, depende diretamente da quantidade de alterações feitas nos dados do SDA KACE ao longo do tempo. Na maioria dos casos, um backup semanal é suficiente, mas é apenas uma função do ambiente que você possui e o risco que você está disposto a assumir. A maioria das pessoas inicia as exportações em uma sexta-feira à noite e a transferência off-board logo cedo no domingo (por exemplo, 2 horas), mas, novamente, isso depende do seu ambiente.

Se você optar por configurar exportações automáticas/transferência off-board, lembre-se de que, periodicamente, você poderá precisar fazer backup dos itens manualmente, conforme necessário.

Related Documents