Chat now with support
Chat with Support

KACE as a Service 7.1 - Guia de administração

Sobre a Solução de gerenciamento de sistemas KACE (K1000) Introdução
Configuração do equipamento
Requisitos e especificações Ligar a solução e fazer login no Console do administrador Acesso ao Console da linha de comando Acompanhamento das alterações de configuração Definição de configurações gerais dos níveis de sistema e de administrador Definição de configurações de data e hora da solução Verificação das configurações da porta, serviço NTP e acesso ao site Definição de configurações de rede e segurança Definição de configurações do agente Configuração do tempo limite da sessão e das definições de atualização automática. Definição das configurações de localidade Configuração de preferências de compartilhamento de dados Sobre requisitos de conformidade com o DIACAP Configuração do acesso a dispositivos móveis Ativação da troca rápida para organizações e soluções vinculadas Vinculação das soluções Quest KACE Definição de configurações do histórico
Configuração e uso de rótulos para gerenciar grupos de itens
Sobre rótulos Acompanhamento de alterações nas configurações de rótulos Gerenciamento de rótulos manuais Gerenciamento de rótulos inteligentes Gerenciamento de grupos de rótulos Gerenciamento de rótulos LDAP
Configuração de contas de usuário, autenticação do protocolo LDAP e SSO
Sobre contas de usuários e autenticação do usuário Sobre configurações de localidade Gerenciamento de contas do usuário no nível do sistema Gerenciamento de contas do usuário da organização Visualizar ou editar perfis de usuário Uso de um servidor do protocolo LDAP para autenticação do usuário Importação de usuários de um servidor do protocolo LDAP Sobre o login único (SSO) Ativação e desativação do login único Utilização do Active Directory para login único Utilização do Quest Identity Broker para a conexão única
Utilização de compartilhamentos de replicações Gerenciamento de credenciais Configuração de ativos
Sobre o componente Gerenciamento de ativos Sobre o gerenciamento de ativos Adição e personalização de Tipos de ativo e manutenção de informações de ativos Gerenciamento de ativos de software Gerenciamento de ativos físicos e lógicos Manutenção e uso das informações de ativos manuais Gerenciamento de locais
Configuração de Conformidade com licenças Gerenciamento de Conformidade com licenças Configuração do Service desk Criação e gerenciamento de organizações Importação e exportação de recursos da solução
Gerenciamento de inventário
Uso da descoberta de dispositivo Gerenciando o inventário de dispositivo
Sobre o gerenciamento de dispositivos Recursos disponíveis para cada método de gerenciamento de dispositivo Sobre as informações de inventário Rastreamento de alterações nas configurações do inventário Gerenciamento de informações de inventário Localização e gerenciamento de dispositivos Provisionamento do Agente do K1000 Implantação manual do Agente do K1000
Obtenção de arquivos de instalação do agente Implantação manual do Agente do K1000 em dispositivos Windows Implantação e atualização manual do Agente do K1000 em dispositivos Linux Realização de operações do Agente em dispositivos Linux Implantação e atualização manual do Agente do K1000 em dispositivos Mac Realização de outras operações do agente em dispositivos Mac Exibição de informações coletadas pelo agente
Uso de gerenciamento sem Agente Adição manual de dispositivos no Console do administrador ou usando a API Forçar de atualizações do inventário Gerenciamento de dispositivos MIA Obtenção de informações de garantia da Dell
Gerenciamento de aplicativos na página Software Gerenciamento do inventário do catálogo de software
Sobre o catálogo de software Exibição de informações do Catálogo de software Adição de aplicativos ao Catálogo de software Gerenciamento dos Ativos de licença referentes aos aplicativos do Catálogo de software Uso da medição de software Uso do controle de aplicativos Atualização ou reinstalação do catálogo de software
Gerenciamento de processos, programas de inicialização e inventário de serviços Elaboração de regras de inventário personalizado
Implantação de pacotes em dispositivos gerenciados
Distribuição de software e uso do Wake-on-LAN Transmissão de alertas para dispositivos gerenciados Execução de scripts em dispositivos gerenciados
Sobre scripts Acompanhamento de alterações nas configurações de scripting Sobre scripts padrão Criação e edição de scripts Uso dos comandos Executar e Executar agora Sobre modelos da política de configuração Uso das políticas de configuração de Windows Uso das políticas de configuração do Mac OS X Edição de políticas e scripts Pesquisa de registros de script Exportação de scripts
Gerenciamento de perfis Mac
Patch de dispositivos e manutenção de segurança
Sobre o gerenciamento de patches Inscrição e download de patches Criação e gerenciamento de cronogramas de patches Gerenciamento do inventário de patches Gerenciamento de dispositivos Dell e atualizações Manutenção da segurança do dispositivo e da solução
Teste da segurança de dispositivo
Sobre as verificações de segurança da OVAL Noções básicas sobre testes e definições da OVAL Sobre SCAP Sobre os parâmetros de comparação Como funciona uma verificação SCAP Edição de cronogramas de verificação de SCAP Sobre modelos da política de segurança Usar modelos de política de segurança baseados no Windows Usar modelos de política de segurança do Mac Resolver problemas de segurança do Windows que evitam provisionamento do Agente
Manutenção da segurança da solução
Uso de relatórios e cronogramas de notificações Monitoramento de servidores
Introdução ao monitoramento de servidor Trabalho com perfis de monitoramento Gerenciamento de monitoramento para dispositivos Trabalho com alertas
Uso do Service desk
Configuração do Service desk
Requisitos do sistema Sobre o Service desk Visão geral das tarefas de configuração Configuração de horário comercial e feriados do Service desk Configuração de Acordos de nível de serviço Configuração de filas de tíquetes do Service desk Configurações de tíquete Personalização da página inicial do Console do usuário Uso da pesquisa de satisfação Habilitação ou desabilitação da segurança para anexos do Service desk
Gerenciamento de tíquetes, processos e relatórios do Service Desk
Visão geral do ciclo de vida do tíquete do Service desk Criação de tíquetes no Console do administrador e no Console do usuário Criação e gerenciamento de tíquetes por e-mail Visualização de tíquetes e gerenciamento de comentários, trabalho e anexos Uso do processo de escalonamento de tíquete Uso de processos do Service desk Uso das Regras de tíquete Execução de relatórios do Service Desk Arquivamento, restauração e exclusão de tíquetes Gerenciamento da exclusão de tíquetes
Gerenciamento de filas de tíquetes do Service Desk Sobre artigos de Downloads do usuário e Base de conhecimento Personalização de configurações de tíquetes do Service Desk Configuração dos servidores SMTP para e-mail
Manutenção e solução de problemas
Manutenção da solução Solução de problemas do K1000
Apêndices Glossário Sobre nós Avisos legais

Adição de scripts de papel de parede da área de trabalho

Adição de scripts de papel de parede da área de trabalho

Use este modelo para criar scripts que controlam as configurações de desktop de dispositivos Windows.

O formato recomendado para arquivos de papel de parede é bitmap (BMP). O arquivo de papel de parede especificado é distribuído a dispositivos quando o script é executado.

1.
A página Papel de parede da área de trabalho:
a.
Faça login no Console do administrador do K1000, http://K1000_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
b.
Na barra de navegação esquerda, clique em Scripts e em Políticas de configuração.
c.
No painel Políticas de configuração, na seção Windows, clique em Papel de parede da área de trabalho.

Opção

Descrição

Nome

Um nome que identifica o script. O nome aparece na página Scripts.

Usar papel de parede

Exibe o arquivo do papel de parede na área de trabalho de dispositivos de destino.

Arquivo de bitmap de papel de parede

Clique em Procurar ou Escolher arquivo para selecionar e carregar o arquivo a ser utilizado como papel de parede. O arquivo deve estar no formato BMP ou JPG.

Posição

Selecione uma opção na lista suspensa Posição:

Alongar: Alonga a imagem para que ela preencha toda a tela.
Centralizar: Exibe a imagem no centro da tela.
Organizar lado a lado: Repete a imagem na tela inteira.
3.
Clique em Salvar para exibir a página Detalhe do script.
5.
Para editar o XML puro usado no script, clique em Editar XML abaixo da seção Cronograma.
6.
Clique em Salvar.

Adição de scripts de atalhos da área de trabalho

Adição de scripts de atalhos da área de trabalho

Use este modelo para criar scripts que adicionam atalhos da Internet à área de trabalho ou ao menu Iniciar de dispositivos Windows.

Por exemplo, é possível usar este script para adicionar um atalho ao site de uma empresa ou a qualquer outro URL.

1.
Acesse a página Atalhos da área de trabalho do Windows:
a.
Faça login no Console do administrador do K1000, http://K1000_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
b.
Na barra de navegação esquerda, clique em Scripts e em Políticas de configuração.
c.
No painel Políticas de configuração, na seção Windows, clique em Atalhos da área de trabalho.

Opção

Descrição

Nome

Um nome que identifica o script. O nome aparece na página Scripts.

3.
Clique em Adicionar atalho.

Opção

Descrição

Nome

O rótulo de texto que aparece abaixo ou a lado do atalho.

Destino

O caminho completo para o aplicativo, arquivo ou URL a ser executado quando o atalho for selecionado. Por exemplo:

Para criar um atalho para o explorer.exe, use este formato: C:\WINDOWS\explorer.exe

Para criar um atalho de compartilhamento UNC para o explorer.exe, use este formato:

\\192.168.1.1\WINDOWS\explorer.exe

ou

\\HostName\WINDOWS\explorer.exe

Parâmetros

Os parâmetros da linha de comando necessários para o atalho. Por exemplo:

/S /IP=123.4

Diretório de trabalho

As alterações do diretório de trabalho atual. Por exemplo: C:\Windows\Temp

Local

O local onde o atalho deverá aparecer. As opções são: Área de trabalho e Menu Iniciar.

5.
Clique em Salvar alterações para salvar o atalho.
6.
Clique em Adicionar atalho para adicionar mais atalhos. Para editar ou excluir um atalho, passe o mouse sobre ele e clique no botão Editar ou no botão Excluir: .
7.
Clique em Salvar para exibir a página Detalhe do script.
9.
Para editar o XML puro usado no script, clique em Editar XML abaixo da seção Cronograma.
10.
Clique em Salvar.

Adição de scripts do relator de registro de evento

Adição de scripts do relator de registro de evento

Use este modelo para criar scripts que consultam o registro de eventos do Windows e carregam os resultados na solução.

1.
Acesse a página Relator de registro de evento do Windows:
a.
Faça login no Console do administrador do K1000, http://K1000_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
b.
Na barra de navegação esquerda, clique em Scripts e em Políticas de configuração.
c.
No painel Políticas de configuração, na seção Windows, clique em Relator de registro de evento.

Opção

Descrição

Nome

Um nome que identifica o script. O nome aparece na página Scripts.

Nome de arquivo de saída

O nome do arquivo de registro criado pelo script.

Arquivo de log

O tipo de registro a ser consultado: Software, Sistema ou Segurança.

Tipo de evento

O tipo de evento a ser consultado: Informação, Aviso ou Erro.

Nome de origem

(Opcional) Os nomes das fontes às quais a consulta estão restritos.

3.
Clique em Salvar para exibir a página Detalhe do script.
5.
Para editar o XML puro usado no script, clique em Editar XML abaixo da seção Cronograma.
6.
Clique em Salvar.
7.
Para visualizar o registro de um dispositivo, clique em Inventário e, em seguida, no nome de um dispositivo.
8.
Em Registros de script, em Políticas & e trabalhos atualmente implantados, clique no link Exibir registros ao lado de Registro de evento.

Adição de scripts do instalador MSI

Adição de scripts do instalador MSI

Use este modelo para criar scripts que definem argumentos básicos da linha de comando para executar instaladores de MSI em dispositivos Windows.

Para ver opções da linha de comando, acesse a documentação de linha de comando do Microsoft MSI: http://msdn.microsoft.com/en-us/library/windows/desktop/aa367988%28v=vs.85%29.aspx.

1.
Acesse a página Windows MSI Installer:
a.
Faça login no Console do administrador do K1000, http://K1000_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
b.
Na barra de navegação esquerda, clique em Scripts e em Políticas de configuração.
c.
No painel Políticas de configuração, na seção Windows, clique em Instalador de MSI.

Opção

Descrição

Nome

Um nome que identifica o script. O nome aparece na página Scripts.

Ação

A tarefa a ser realizada. As tarefas são Instalar, Desinstalar, Reparar arquivos faltantes e Reinstalar todos os arquivos.

Software

O aplicativo a ser usado para o script. Para pesquisar um aplicativo, comece a digitar no campo.

Nome do arquivo MSI

Nome do arquivo MSI (obrigatório se o arquivo for um arquivo ZIP).

Interação do usuário

Como a instalação é exibida para os usuários. As opções são: Padrão, Silenciosa, IU básica, IU reduzida e IU completa.

Diretório de instalação

O diretório no dispositivo de destino onde o aplicativo será instalado.

Comandos adicionais

Quaisquer comandos de instalação adicionais. Os comandos adicionais são inseridos entre os argumentos msiexe.exe e /i foo.msi.

Propriedades adicionais

Quaisquer propriedades adicionais. Essas propriedades são inseridas no final da linha de comando. Por exemplo:

msiexec.exe /s1 /switch2 /i patch123.msi TARGETDIR=C:\patcher PROP=A PROP2=B

Lista de recursos

Os recursos a serem instalados. Use vírgulas para separar os recursos.

Armazenar configuração por dispositivo

Determina se as informações de configuração de dispositivos individuais.

Após instalação

A ação a ser realizada depois da instalação.

Opções de reinicialização

A ação a ser realizada depois da reinicialização do dispositivo.

Registro

Informações a serem armazenadas no registro de instalação. Para selecionar vários itens, use Ctrl+clique ou Command+clique.

Nome do arquivo de registro

O nome do arquivo de log.

3.
Clique em Salvar para exibir a página Detalhe do script.
5.
Para editar o XML puro usado no script, clique em Editar XML abaixo da seção Cronograma.
6.
Clique em Salvar.
Related Documents