Chat now with support
Chat with Support

KACE as a Service 7.1 - Guia de administração

Sobre a Solução de gerenciamento de sistemas KACE (K1000) Introdução
Configuração do equipamento
Requisitos e especificações Ligar a solução e fazer login no Console do administrador Acesso ao Console da linha de comando Acompanhamento das alterações de configuração Definição de configurações gerais dos níveis de sistema e de administrador Definição de configurações de data e hora da solução Verificação das configurações da porta, serviço NTP e acesso ao site Definição de configurações de rede e segurança Definição de configurações do agente Configuração do tempo limite da sessão e das definições de atualização automática. Definição das configurações de localidade Configuração de preferências de compartilhamento de dados Sobre requisitos de conformidade com o DIACAP Configuração do acesso a dispositivos móveis Ativação da troca rápida para organizações e soluções vinculadas Vinculação das soluções Quest KACE Definição de configurações do histórico
Configuração e uso de rótulos para gerenciar grupos de itens
Sobre rótulos Acompanhamento de alterações nas configurações de rótulos Gerenciamento de rótulos manuais Gerenciamento de rótulos inteligentes Gerenciamento de grupos de rótulos Gerenciamento de rótulos LDAP
Configuração de contas de usuário, autenticação do protocolo LDAP e SSO
Sobre contas de usuários e autenticação do usuário Sobre configurações de localidade Gerenciamento de contas do usuário no nível do sistema Gerenciamento de contas do usuário da organização Visualizar ou editar perfis de usuário Uso de um servidor do protocolo LDAP para autenticação do usuário Importação de usuários de um servidor do protocolo LDAP Sobre o login único (SSO) Ativação e desativação do login único Utilização do Active Directory para login único Utilização do Quest Identity Broker para a conexão única
Utilização de compartilhamentos de replicações Gerenciamento de credenciais Configuração de ativos
Sobre o componente Gerenciamento de ativos Sobre o gerenciamento de ativos Adição e personalização de Tipos de ativo e manutenção de informações de ativos Gerenciamento de ativos de software Gerenciamento de ativos físicos e lógicos Manutenção e uso das informações de ativos manuais Gerenciamento de locais
Configuração de Conformidade com licenças Gerenciamento de Conformidade com licenças Configuração do Service desk Criação e gerenciamento de organizações Importação e exportação de recursos da solução
Gerenciamento de inventário
Uso da descoberta de dispositivo Gerenciando o inventário de dispositivo
Sobre o gerenciamento de dispositivos Recursos disponíveis para cada método de gerenciamento de dispositivo Sobre as informações de inventário Rastreamento de alterações nas configurações do inventário Gerenciamento de informações de inventário Localização e gerenciamento de dispositivos Provisionamento do Agente do K1000 Implantação manual do Agente do K1000
Obtenção de arquivos de instalação do agente Implantação manual do Agente do K1000 em dispositivos Windows Implantação e atualização manual do Agente do K1000 em dispositivos Linux Realização de operações do Agente em dispositivos Linux Implantação e atualização manual do Agente do K1000 em dispositivos Mac Realização de outras operações do agente em dispositivos Mac Exibição de informações coletadas pelo agente
Uso de gerenciamento sem Agente Adição manual de dispositivos no Console do administrador ou usando a API Forçar de atualizações do inventário Gerenciamento de dispositivos MIA Obtenção de informações de garantia da Dell
Gerenciamento de aplicativos na página Software Gerenciamento do inventário do catálogo de software
Sobre o catálogo de software Exibição de informações do Catálogo de software Adição de aplicativos ao Catálogo de software Gerenciamento dos Ativos de licença referentes aos aplicativos do Catálogo de software Uso da medição de software Uso do controle de aplicativos Atualização ou reinstalação do catálogo de software
Gerenciamento de processos, programas de inicialização e inventário de serviços Elaboração de regras de inventário personalizado
Implantação de pacotes em dispositivos gerenciados
Distribuição de software e uso do Wake-on-LAN Transmissão de alertas para dispositivos gerenciados Execução de scripts em dispositivos gerenciados
Sobre scripts Acompanhamento de alterações nas configurações de scripting Sobre scripts padrão Criação e edição de scripts Uso dos comandos Executar e Executar agora Sobre modelos da política de configuração Uso das políticas de configuração de Windows Uso das políticas de configuração do Mac OS X Edição de políticas e scripts Pesquisa de registros de script Exportação de scripts
Gerenciamento de perfis Mac
Patch de dispositivos e manutenção de segurança
Sobre o gerenciamento de patches Inscrição e download de patches Criação e gerenciamento de cronogramas de patches Gerenciamento do inventário de patches Gerenciamento de dispositivos Dell e atualizações Manutenção da segurança do dispositivo e da solução
Teste da segurança de dispositivo
Sobre as verificações de segurança da OVAL Noções básicas sobre testes e definições da OVAL Sobre SCAP Sobre os parâmetros de comparação Como funciona uma verificação SCAP Edição de cronogramas de verificação de SCAP Sobre modelos da política de segurança Usar modelos de política de segurança baseados no Windows Usar modelos de política de segurança do Mac Resolver problemas de segurança do Windows que evitam provisionamento do Agente
Manutenção da segurança da solução
Uso de relatórios e cronogramas de notificações Monitoramento de servidores
Introdução ao monitoramento de servidor Trabalho com perfis de monitoramento Gerenciamento de monitoramento para dispositivos Trabalho com alertas
Uso do Service desk
Configuração do Service desk
Requisitos do sistema Sobre o Service desk Visão geral das tarefas de configuração Configuração de horário comercial e feriados do Service desk Configuração de Acordos de nível de serviço Configuração de filas de tíquetes do Service desk Configurações de tíquete Personalização da página inicial do Console do usuário Uso da pesquisa de satisfação Habilitação ou desabilitação da segurança para anexos do Service desk
Gerenciamento de tíquetes, processos e relatórios do Service Desk
Visão geral do ciclo de vida do tíquete do Service desk Criação de tíquetes no Console do administrador e no Console do usuário Criação e gerenciamento de tíquetes por e-mail Visualização de tíquetes e gerenciamento de comentários, trabalho e anexos Uso do processo de escalonamento de tíquete Uso de processos do Service desk Uso das Regras de tíquete Execução de relatórios do Service Desk Arquivamento, restauração e exclusão de tíquetes Gerenciamento da exclusão de tíquetes
Gerenciamento de filas de tíquetes do Service Desk Sobre artigos de Downloads do usuário e Base de conhecimento Personalização de configurações de tíquetes do Service Desk Configuração dos servidores SMTP para e-mail
Manutenção e solução de problemas
Manutenção da solução Solução de problemas do K1000
Apêndices Glossário Sobre nós Avisos legais

Exemplos de implantações comuns no Windows

Exemplos de implantações comuns no Windows

As implantações de pacote da instalação gerenciada mais comuns são arquivos MSI, EXE e ZIP.

Exemplo de MSI padrão

Usar arquivos MSI é uma forma fácil e independente de implantar software em dispositivos Windows. Se seu arquivo MSI não necessita de qualquer transformação ou personalização especial, a implantação é simples.

Arquivos MSI exigem uma chave /i ao usar outras caves com uma instalação.

A linha de parâmetro da solução não exige o nome do arquivo ou a sintaxe msiexec. Somente a entrada /* é necessária:

/qn /I (Correto)

msiexec /I /qn (Incorreto)

DICA: Se você está usando o Windows Installer 3.0 ou superior, é possível identificar os parâmetros suportados ao selecionar o programa Executar disponível no menu Iniciar. Digite msiexec na janela pop-up. Uma janela que mostra os parâmetros suportados é exibida.
Exemplo de EXE padrão

Arquivos EXE são semelhantes a arquivos MSI, com uma exceção.

As diferenças entre arquivos EXE e arquivos MSI são: /I não é necessário na linha Parâmetros de execução ao usar um arquivo EXE.

Ao se usar um arquivo executável, costuma ser útil identificar os parâmetros de chave para uma instalação silenciosa. Para alterar parâmetros, especifique /? no campo Parâmetros de execução.

Exemplo de MSI padrão

Exemplos de implantações comuns no Windows

As implantações de pacote da instalação gerenciada mais comuns são arquivos MSI, EXE e ZIP.

Exemplo de MSI padrão

Usar arquivos MSI é uma forma fácil e independente de implantar software em dispositivos Windows. Se seu arquivo MSI não necessita de qualquer transformação ou personalização especial, a implantação é simples.

Arquivos MSI exigem uma chave /i ao usar outras caves com uma instalação.

A linha de parâmetro da solução não exige o nome do arquivo ou a sintaxe msiexec. Somente a entrada /* é necessária:

/qn /I (Correto)

msiexec /I /qn (Incorreto)

DICA: Se você está usando o Windows Installer 3.0 ou superior, é possível identificar os parâmetros suportados ao selecionar o programa Executar disponível no menu Iniciar. Digite msiexec na janela pop-up. Uma janela que mostra os parâmetros suportados é exibida.
Exemplo de EXE padrão

Arquivos EXE são semelhantes a arquivos MSI, com uma exceção.

As diferenças entre arquivos EXE e arquivos MSI são: /I não é necessário na linha Parâmetros de execução ao usar um arquivo EXE.

Ao se usar um arquivo executável, costuma ser útil identificar os parâmetros de chave para uma instalação silenciosa. Para alterar parâmetros, especifique /? no campo Parâmetros de execução.

Exemplo de EXE padrão

Exemplos de implantações comuns no Windows

As implantações de pacote da instalação gerenciada mais comuns são arquivos MSI, EXE e ZIP.

Exemplo de MSI padrão

Usar arquivos MSI é uma forma fácil e independente de implantar software em dispositivos Windows. Se seu arquivo MSI não necessita de qualquer transformação ou personalização especial, a implantação é simples.

Arquivos MSI exigem uma chave /i ao usar outras caves com uma instalação.

A linha de parâmetro da solução não exige o nome do arquivo ou a sintaxe msiexec. Somente a entrada /* é necessária:

/qn /I (Correto)

msiexec /I /qn (Incorreto)

DICA: Se você está usando o Windows Installer 3.0 ou superior, é possível identificar os parâmetros suportados ao selecionar o programa Executar disponível no menu Iniciar. Digite msiexec na janela pop-up. Uma janela que mostra os parâmetros suportados é exibida.
Exemplo de EXE padrão

Arquivos EXE são semelhantes a arquivos MSI, com uma exceção.

As diferenças entre arquivos EXE e arquivos MSI são: /I não é necessário na linha Parâmetros de execução ao usar um arquivo EXE.

Ao se usar um arquivo executável, costuma ser útil identificar os parâmetros de chave para uma instalação silenciosa. Para alterar parâmetros, especifique /? no campo Parâmetros de execução.

Criação de instalações gerenciadas para arquivos ZIP.

Criação de instalações gerenciadas para arquivos ZIP.

Implantar um software usando um arquivo ZIP é uma forma prática de empacotar softwares quando são necessários múltiplos arquivos para implantar um título.

Por exemplo, um título de software pode requerer um arquivo setup.exe, arquivos de configuração e arquivos de dados. Se você possui um CD-ROM contendo um grupo de arquivos necessários para instalar um determinado aplicativo, é possível compactá-los em um arquivo ZIP e carregá-los na solução para implantação.

Para distribuir aplicativos a dispositivos gerenciados, você deve anexar os ativos digitais, que são os arquivos necessários para a instalação, aos aplicativos. Além disso, você deve selecionar os sistemas operacionais com suporte para os aplicativos. Consulte Anexar ativos digitais a aplicativos e selecionar sistemas operacionais com suporte.

2.
Faça login no Console do administrador da solução.
3.
Faça login no Console do administrador do K1000, http://K1000_hostname/admin. Ou, se a opção Mostrar menu da organização no cabeçalho administrativo estiver ativada nas Configurações gerais da solução, selecione uma organização na lista suspensa no canto superior direito da página, ao lado das informações de login.
Isso pode ser feito manualmente na página Inventário > Software ou instalando o pacote em um dispositivo que se conecta regularmente à solução. Consulte Sobre a página Software.
b.
Selecione Escolher ação > Novo.
c.
Selecione o título do aplicativo ao qual o arquivo ZIP está associado na lista suspensa Software. Para ver todos os títulos de aplicativos, desmarque a caixa de seleção Exibir apenas registros com um arquivo associado.
6.
No campo Parâmetros de execução, especifique o comando completo com argumentos.
Por exemplo: setup.exe /qn
8.
Clique em Salvar.
Related Documents